Pesquisar
Close this search box.
Logomarca da CBPq

Blog

Princípios biomecânicos aplicados ao paraquedismo

Avatar de paraquedista

O mundo do paraquedismo é repleto de desafios emocionantes e complexos, onde a segurança e o desempenho são primordiais. Um dos marcos revolucionários nesse esporte é o Basic Body Flight (BBF), um programa de treinamento intermediário desenvolvido pela Skydive University. Com sua abordagem única e conceitos inovadores, o BBF moldou o cenário global do paraquedismo, encontrando aplicação no AFF e em escolas de todo o mundo. Neste artigo, mergulharemos em um dos capítulos menos explorados do BBF, os conceitos da análise de performance, que incorpora os princípios biomecânicos no contexto do paraquedismo.

Princípio#1: Estabilidade

A busca pela estabilidade é fundamental no paraquedismo. Quanto mais baixo for o centro de gravidade, maior a base de apoio, proporcionando uma posição mais estável. A posição do centro de gravidade alinhada com a base de apoio oferece maior equilíbrio. Além disso, o aumento da massa do paraquedista contribui para a estabilidade geral. Imagine a confiança que sente um novo paraquedista ao alcançar uma posição estável no ar, em perfeita harmonia com a física.

Princípio #2: Soma

A maximização da força requer a ativação de todas as articulações possíveis. No contexto do paraquedismo, isso se manifesta na técnica de “track”, onde o paraquedista utiliza todas as articulações do corpo para alcançar o máximo de desempenho. A harmonização de todos os componentes biomecânicos é a chave para atingir essa força máxima.

Princípio #3: Ordem

Para atingir velocidades máximas no ar, é crucial utilizar as articulações em sequência, da maior para a menor. Técnicas como o “track”, posições de subida e o movimento de “selar para afundar” exemplificam a aplicação deste princípio. A ordem correta das ações garante um fluxo de movimento otimizado e eficiente no deslocamento relativo.

Princípio #4: Impulso

Iniciar um deslocamento e ganhar velocidade rapidamente requer a aplicação de um impulso significativo. Quanto mais forte a força aplicada e maior o tempo de aplicação, maior será o aumento de velocidade. Isso é especialmente evidente nas técnicas de “track” e no uso da técnica “CNP” (Começa – Neutro – Para). O domínio do princípio do impulso é essencial para o controle preciso das movimentações no ar.

Princípio #5: Ação e Reação

O movimento no paraquedismo segue a lei da ação e reação. Ao esticar as pernas, o fluxo de vento é redirecionado (defletido) para trás, impulsionando o paraquedista para a frente. Essa compreensão, apesar de óbvia, é crucial para garantir qualquer tipo de movimento no ar, garantindo um voo.

Princípio #6: Força Agindo Fora do Centro

A aplicação de força a uma certa distância de um eixo resulta em movimento angular. Em manobras como curvas no lugar, o entendimento deste princípio permite que os paraquedistas analisem seus giros para uma melhor performance de precisão e velocidade, adicionando uma dimensão de controle à sua performance.

Princípio #7: Momento Angular

Quando um atleta ou objeto está livre no espaço, o momento angular permanece constante. Essa lei física é aplicada quando um paraquedista realiza uma curva no ar. O esticamento da perna durante o giro produz uma rotação orbital. Essa compreensão permite detectar esse erro no debriefing para melhorar as curvas no lugar.

Em conclusão, os princípios biomecânicos aplicados ao paraquedismo são um elemento crucial para aprimorar a performance e a segurança. O programa BBF trouxe à tona esses princípios, proporcionando aos paraquedistas uma compreensão mais profunda das leis físicas que regem seu voo. Ao dominar esses conceitos, os entusiastas do paraquedismo podem elevar sua experiência, conquistando novos patamares de controle e confiança nos céus.

A Skydive University treina novos paraquedistas e intermediários usando o programa BBF atualizado, bem como ministra o curso TBBF para formação de novos treinadores para aplicar o programa. Para se inscrever nos nossos cursos entre em contato pelo WhatsApp 61 999 54 1031.

Links Relacionados

Post original por Ricardo Pettená

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o autor

Ricardo Pettená

Ricardo Pettená

Missão: um Brasil melhor e um paraquedismo mais seguro. Formado em comunicação e marketing, pós em economia.

Últimas postagens