Dia da Segurança

Diretrizes e Procedimentos

O Dia da Segurança da Confederação Brasileira de Paraquedismo é comemorado todos os anos no sábado que antecede o dia 22 de outubro, Dia do Paraquedista. Neste ano, 2019, ele será comemorado dia 19 de outubro. Em comemoração, o Comitê de Instrução e Segurança (CIS) recomenda que as Federações, Áreas de salto e Escolas estendam o Dia da Segurança até o final do ano para abranger o máximo de atletas possíveis. O principal objetivo é congregar e, através disto, transmitir informações de procedimentos de segurança aos paraquedistas nas áreas de salto, com a finalidade de:

  • a. Revisar, atualizar e praticar os procedimentos de segurança.
  • b. Inspecionar e conhecer melhor sobre seus equipamentos.

A segurança é responsabilidade de todos. Ou seja, todos aqueles que saltam devem se preocupar e zelar pela sua própria segurança como também de toda a comunidade. Para isso, o CIS incentiva que todos os seus membros: Treinadores BBFs, Mestres de Salto e Instrutores atuem como Multiplicadores de Segurança, estimulando o conhecimento das Normas como um todo e o seu devido cumprimento. No Dia da Segurança, o CIS, da Confederação Brasileira de Paraquedismo, recomenda que sejam ministradas: palestras, treinamentos das emergências e discussões sobre os assuntos abaixo propostos.

a. Equipamentos
  • (1) Palestra sobre os componentes dos equipamentos
  • (2) Inspeção e manutenção
  • b. Aeronave
  • (1) Procedimentos de rotina (embarque, peso e balanceamento)
  • (2) Revisão dos procedimentos de emergência na aeronave
  • (3) Discussão sobre reta e PS
  • c. Segurança em queda livre
  • (1) Ordem de saída (individual e grupos)
  • (2) Procedimentos de separação (break-off e track)
  • (3) Prevenção de colisão (ZAF)
  • d. Treinamento com equipamento suspenso
  • (1) Anormalidades, panes e seus respectivos procedimentos de emergência
  • e. Voo do velame
  • (1) Estimular Check visual e funcional para todas as categorias
  • (2) Contato visual e separação horizontal e vertical
  • (3) Tráfego padrão para aproximação e pouso
  • f. Procedimentos para Pilotos Tandem
  • (1) Revisão dos procedimentos de emergência
  • (2) Não priorizar a imagem em uma situação de emergência
  • (3) Pousar com o passageiro preso nos 4 pontos
  • (4) Comandar o principal sempre na altura correta
  • (5) Não realizar curva maior que 90° para pouso
  • Solicitamos que as Federações, Áreas e Escolas enviem para o e-mail cis@cbpq.org.br registros fotográficos de suas atividades desenvolvidas em comemoração ao Dia da Segurança para que possam ser publicados no site da CBPq ou redes sociais.

    # Desrição Baixar
    1 Material de Apoio

    O CIS está sempre à disposição para contribuir para a segurança no esporte. Contem conosco!


    Stanley Willian
    Chefe do CIS